Coronavírus no Brasil e no mundo : 109.888 mortes por Covid-19 no Brasil e OMS descarta imunudade de rebanho

Coronavírus no Brasil e no Mundo

Coronavírus no Brasil e no mundo : 109.888 mortes por Covid-19 no Brasil e OMS descarta imunudade de rebanho

O Brasil tem 1.352 novas mortes por Covid-19 identificadas em 24 horas. De acordo com o boletim do Ministério da Saúde de terça-feira (18.05), o País tem 47.784 novos casos da doença.

No total, 3.407.345 infecções foram registradas e 109.888 mortes foram causadas pelo coronavírus. Desde o início da pandemia, 2.554.179 pacientes se recuperaram.

A primeira-ministra da Nova Zelândia afirma que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mente ao dizer que a pandemia está fora de controle. Nesta semana, o republicano disse que existe uma enorme alta de infectados no País. Em resposta, Jacinda Ardern disse que qualquer pessoa que acompanha a situação da doença na Nova Zelândia sabe que a Covid-19 está controlada. Após 100 dias sem nenhum caso com transmissão local, o País voltou a registrar contaminados na região de Auckland.


Pesquisa da Organização Mundial da Saúde revela que apenas 10% da população mundial tem atualmente anticorpos ao coronavírus. Segundo a entidade, os dados demonstram que o mundo está longe de criar a chamada “imunidade de rebanho”. O termo é usado quando existe uma proteção considerável contra um vírus. De acordo com a OMS, a batalha contra a Covid-19 ainda está muito longe de acabar.

A Organização Mundial da Saúde descarta a imunidade de rebanho como forma de superar a pandemia de coronavírus. Segundo a OMS, apesar de quase 780 mil pessoas terem morrido pela Covid-19, estudos revelam que aproximadamente 90% da população mundial continua suscetível ao vírus. Ainda de acordo com a entidade, pesquisas feitas em mais de 50 países indicam que mesmo entre os profissionais de saúde a taxa dos que apresentam anticorpos não passa de 20% ou 25%. Em todo o mundo, há 22 milhões de infectados e 14 milhões de pacientes recuperados.