Governador Wilson Witzel critica Bolsonaro: “É um presidente que não governa”

Governador Wilson Witzel

Governador Wilson Witzel critica Bolsonaro: “É um presidente que não governa”

O governador Wilson Witzel publicou críticas em perfil na rede social, na tarde de quarta-feira (29.04.20). Escreveu : “É inaceitável o pouco caso com que o presidente sempre tratou a pandemia e as mortes. Ele não demonstra nenhuma solidariedade com as famílias que estão perdendo as pessoas que mais amam.

O presidente, que deveria ser uma liderança em um momento como esse, chega a ironizar as mortes. Isso é absolutamente inaceitável.

Não é “E daí”?, não, presidente. Seja responsável. A sua “gripezinha” chegou e, em vez de continuar atacando os governadores, faça o seu trabalho. Sua atuação na maior crise de saúde do mundo é desastrosa. Pare de fazer política e trabalhe.

O voto do Min. Alexandre de Moraes demonstra que há uma enorme insegurança institucional com a nomeação de um delegado com objetivos claros de interferência na PF. Pelas provas apresentadas, é algo que afeta diretamente o princípio da impessoalidade e põe em risco a democracia.

Tais fatos, além de a PF não ser órgão de inteligência da Presidência, mas sim exercer, nos termos do artigo 144, §1o, VI da Constituição, com exclusividade, as funções de polícia judiciária da União, demonstram estarem presentes os requisitos para a concessão da liminar”

Witzel também disse que não há previsão para saída da quarentena no estado do Rio de Janeiro. “É muito bom ver que a população está do nosso lado. Em pesquisa feita pela Fecomercio-RJ, 72% dos fluminenses apoiam as medidas de isolamento social. Mas, volto a lembrar, além do apoio, peço que cumpram a quarentena. Precisamos da colaboração de todos”, destacou.