Exercicio fisico atividade fisica em casa
Exercicio fisico atividade fisica em casa

Dicas de profissionais de educação física para adultos e crianças durante a quarentena

Durante esta pandemia do novo coronavírus, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda evitar sair de casa para controlar a proliferação da doença. Com o mundo em quarentena, profissionais de saúde alertam para a importância de se mexer, mesmo em casa, pois a atividade física ajuda a aumentar a imunidade e combater o estresse. Segundo o professor e coordenador do núcleo de pós-graduação em Educação Física da Faculdade IDE, Raphael Ritti, a recomendação para a população geral envolve, por semana, pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbia com intensidade moderada e mais duas sessões de exercícios de força.

Com o cenário atual, quando as academias de ginásticas, ginásios esportivos e outros espaços públicos estão fechado, “a preocupação é que as pessoas fiquem inativas”, diz o professor de Educação Física. Mas há grupo de pessoas que devem evitar fazer exercícios por conta própria? De acordo com Raphael Ritti, todos devem fazer atividade física. “Obviamente que indivíduos idosos e com comorbidades se beneficiariam da instrução e supervisão de profissionais de Educação Física, mesmo que seja de forma online. Porém, em não havendo essa possibilidade, esses grupos devem buscar manter uma rotina de atividade física similar ao que tinham antes da quarentena”, recomenda.

Quem tem oportunidade de acesso à internet, o professor lembra que a realização de atividades físicas sob supervisão de um profissional de Educação Física online é permitida. “E quem tem possibilidade de contratar um personal trainer – preferencialmente virtual, neste momento –, poderá ter melhores resultados e maior variedade de exercícios, deixando as atividades mais efetivas e motivantes”, explica. Inclusive, algumas academias já contam com aplicativos para realização de exercícios à distância e há iniciativas públicas também, como a prefeitura do Recife lançou um app de exercícios, devido ao fechamento temporário nas atividades da Academia da Cidade.

Ao acompanhar instruções de exercícios online, importante que essa prescrição seja de profissionais de Educação Física capacitados e não consumir qualquer conteúdo de atividade física por pessoas não especialidades na área. Entre as dicas, é se mexer dentro do seu limite, sem sobrecarregar o corpo. “Dentro de casa, é possível fazer caminhadas, subir escadas, sentar e levantar, por exemplo. Vale lembrar que a faxina de casa, também é uma forma de atividade física”, conta o professor e coordenador do núcleo de educação física da Faculdade IDE, Raphael Ritti.

CRIANÇAS – Crianças também devem se movimentar durante este período de quarenta. Assim como os adultos, este momento mais em casa pode ser favorável para passar mais horas “maratonando”, sem sair do sofá. Para a professora da pós-graduação em Ensino do Balé Clássico, da Faculdade IDE, Viviane Moraes, profissional de educação física, professora de dança e mestre em saúde da criança e do adolescente, uma sugestão é estimular com as crianças qualidades artísticas. “No caso do movimento corporal, estimular sempre as brincadeiras, de modo que elas se movam de uma forma mais natural”, sugere.